Aos 65 anos muso gay é homenageado pela Saint Laurent

Joe Dallesandro mostrando quase todos os atributos que fizeram dele um muso Fotos: Reprodução 

Aos 65 anos, Joe Dallesandro é o rosto da nova campanha da Saint Laurent. Muso gay nos anos 60 e 70, ele foi lançado a fama através dos filmes de Andy Warhol e Paul Morrisey, virou ícone underground em Nova York e foi até parar na capa do disco dos Rolling Stones (Sticky Fingers, de 1971, em close de sua virilha na capa do álbum). Deve ser por isso (e muito mais!!!) que Hedi Slimane fotografou Dallesandro e resolveu prestar um “tributo a obra” colocando-o como astro da marca francesa.

 E que obra! Isso porque ainda nem falamos que Dallesandro é citado em música do Lou Reed (quem você acha que é o Little Joe de “Walk on the Wild Side”?); que foi dirigido por Serge Gainsbourg e contracenou com Jane Birkin no clássico “Je t’aime, Moi non Plus” e ainda é o responsável por mudar a forma como a sexualidade masculina era vista no cinema, liberando o nu para ser apreciado em tela grande.

Aqui, Joe Dallesandro fotografado por Hedi Slimane na campanha-tributo-da-obra da Saint Laurent Foto: Hedi Slimane

Fazendo a maldita agora, nada mal para um garoto que vivia de pequenos furtos (e outras coisinhas mais) na juventude. Tem que ver as fotos dele no auge! Aliás, Slimane, ele ainda é um homem bonito, que foto é essa que você escolheu pra ilustrar a campanha?

Vamos lá, abaixo, fotos do muso em sua melhor forma!


Joe Dallesandro com Jane Birkin no set de filmagens de "Je t'aime, moi non Plus" nos anos 70 Foto: Reprodução



Joe Dallesandro em retrato feito por Bob Mizer em 1965 Foto: Bob Mizer




Mais Dallesandro e Jane Birkin em "Je t'aime, moi non Plus". O papel dele era de um caminhoneiro que só conseguia transar com a namorada por trás, pois assim ela parecia um garoto Fotos: Reprodução



Colorido ou em P&B, Dallesandro mexeu com o imaginário erótico de muitos nos anos 60 e 70 Fotos: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário