Tênis Havaianas :: use como chinelo




Descobri um sneaker de verão que é resistente ao efeito estufa das capitais globais: Havaianas Soul!  Sim, testei a versão sneaker das legítimas e curti bastante o resultado! O chinelo de borracha, que você conhece há muito tempo, virou tênis há alguns anos. O mais bacana do conceito do produto é que ele segue à risca a ideia de fazer uma Havainas fechada.

O solado estilo zori, aquela padronagem que remete aos grãos de arroz, proporciona um efeito aderente nos pés (o mesmo do chinelo!) que dá ao tênis uma estabilidade no contato com o solo e internamente tem efeito grip, mesmo quando usado sem meia. Aliás ele é perfeito para usar sem meia!

Outra vantagem é a leveza do calçado. Como ele é montado no "chassi" do chinelo o caminhar fica leve e confortável, como se estivesse usando um chinelo de borracha. Meu eleito foi o modelo que mistura as texturas de juta e denim, que ilustra o início desse post. Mas existem inúmeros acabamentos e materiais a disposição, todos eles com o solado magia original dos chinelos!! Para usar sem moderação.









ROOTS
A primeira Havaianas surgiu em 1962. Foi inspirada numa típica sandália japonesa chamada Zori, feita com tiras em tecido e solado de palha de arroz. Por esta razão, o solado de borracha de possui a textura que lembra os grãos do cereal. Um dos muitos detalhes, patenteados, que tornam o chinelo inconfundível.





PANTONE
Da mania de virar a parte branca do chinelo para baixo, deixando o solado colorido para cima e aparente, deu origem ao modelo de uma única cor. Imediatamente a novidade foi aceita e se transformou em hit nos pés de todo o Brasil










ESPAÇO HAVAIANAS
A marca possui uma loja conceito, com projeto do incensado Isay Weinfeld, que possui todos os produtos da marca Havaianas, inclusive os tênis! O lugar é um verdadeiro templo do chinelo mais amado do Brasil! Localizado na rua Oscar Freire, um dos hot spots da moda paulistana, a loja mantém preço de tabela em todas as linhas. Dá pra ir e comprar sem medo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário