Choveu... E agora? :: Guia do guarda-chuva cidadão





Calorzão chegando e com ele as tempestades de verão. Caiu aquele toró... Como proceder? A chuva quase sempre pega muita gente de surpresa. Entenda como usar o guarda-chuva a seu favor!




"Tu te tornas eternamente responsável pelo guarda-chuva que molhas"

+ Se você tem um guarda-chuva, por favor, deixe o espaço coberto das marquises para quem não tem. Se você já está protegido, dê a preferência...

+ Em situações coletivas, tais como: fila, transporte público, escada rolante e aglomerações em geral, zele pela ponta metálica do seu guarda-chuva. Lembre-se que pessoas ao seu redor podem se machucar com um descuido.

+ Ao caminhar observe o entorno, seja gentil, incline o seu guarda-chuva para facilitar a passagem. Ser embativo ou pouco colaborativo nesse momento só piora a situação.

+ Ao entrar em qualquer lugar que tenha saco plástico para proteger o guarda-chuva, USE! Nunca dê a desculpa que é rapidinho porque você só vai até ali... Esse saquinho existe por motivo de segurança (piso molhado é perigoso), higiene (sabe aquela lama cinza no chão? Então!) e para poupar a equipe de limpeza (sim você é consumidor, mas isso não te dá o direito de ser @%&!*^$). Pelo bem coletivo USE o saco plástico.

+ Ao embalar, cuidado com a ponta metálica do seu guarda-chuva ela pode perfurar o saquinho e deixar o chão molhado, escorregadio, melecado...

+ Mantenha um saco plástico na bolsa, assim você protege outros objetos guardados.

+ Mantenha uma capa plástica descartável na bolsa. Mais leve para carregar do que um guarda-chuva e pode ser de grande utilidade em situações inesperadas.


E nunca se esqueça: é só água caindo do céu! Não há motivo para pânico, nervosismo e pontas metálicas. Se puder, tome um banho de chuva...

Nenhum comentário:

Postar um comentário