desculpa dizer... mas você é pequeno




A insustentável leveza do ser








Nenhum comentário:

Postar um comentário