fashion rio ::: dancinha bafo ou electro-indie-rock no píer











Momento auto-referente em Observatório da Imprensa de fanzineurbano! Sei que isso soa como o cúmulo do egocentrismo, mas aí vai minha notinha (para o site de L´Officiel) sobre o show de abertura do Rio Moda Hype, celeiro de novos talentos do Fashion Rio.



Electro-indie-rock no píerGlass\\'n Glue toca no Rio Moda HypePor aldine paivaEntre a apresentação dos novos talentos da edição do 11º Prêmio Rio Moda Hype, que abriu a temporada de desfiles do Fashion Rio, os convidados do evento que flanavam pelo Píer Mauá puderam se divertir com dancinhas ao som de Drama Queen e Glass´n´Glue .
Música de primeira, rebeldia encenada e montação deram o tom. O grupo baiano Drama Queen tem levada electro rock e performance garantida pelas vocalistas e atrizes Natália Garcez e Maria Rosa Espinheira. O Glass´n´Glue se garante no indie rock, igualmente performático, sob a batuta da ex-modelo e stylist carioca Marina Franco e da atriz Mayana Moura.

Para animar ainda mais o primeiro dia dos lançamentos do verão carioca a dupla criativa Antônio Bokel, artista plástico e Peu Melo, designer, responsáveis pela arte-ambientação do local, montaram um palco entre guindastes com uma cenografia pautada pela convergência urbana, tema do PRMH. Para isso, eles mergulharam no universo do grafite, dos stickers e lambe-lambes para desenvolver uma verdadeira ilustração tridimensional que emoldurava a boca de cena. Tubos plásticos, ripas de madeira e cordas, - refugo da reforma do cais do porto- com inventividade e muita ousadia serviram como base para montar a instalação musical de Bokel e Melo. A platéia curtiu em êxtase.












Um comentário: