seventeen






Lindamente triste Ella tentava esconder o incomodo. Constrangida, assustada e alheia a todo aquele universo. Seu único desejo era pertencer, fazer parte, se encaixar. Ella estava ali para atender expectativas. Pequenos conceitos prolixos. Breves anseios. Todos os olhares estavam voltados para Ella.

Era como se todos estivessem sem fôlego, respiração presa. Ella era promessa e expectativa. Ella era o oxigênio em suspensão durante aqueles segundos de glote travada das cinco pessoas que a circundavam.

Ella era triste... Lindamente triste. Sentia saudades das quatro irmãs e de seu pai. Adorava acordar com o sol batendo em sua cama, com o bom dia do lençol quente.





Nenhum comentário:

Postar um comentário